Secretário de Segurança de Arujá Preso em Operação da Polícia Civil.

Carlos Roberto Vissechi preso em operação contra o Crime Organizado.

Por Redação 03/06/2020 - 12:08 hs
Foto: Arquivos NAT
Secretário de Segurança de Arujá Preso em Operação da Polícia Civil.
Carlos Roberto Vissechi


A 4ª Delegacia de Policia de Guarulhos, deflagrou uma mega-operação contra o crime organizado.

Foram cerca de 60 mandatos de prisão,busca e apreensão.

Para a realização desta operação, foram designados vários departamentos da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Os Números da operação ainda não foram divulgados, mas vários documentos,computadores, carros de luxo,motos-aquáticas, armas , munições, jóias, artigos de luxo e dinheiro em espécie foram apreendidos e encaminhados a 4º DP de Guarulhos, que coordena a operação, que iniciou as ações ás 5hs da manhã.


                                 Atuação da quadrilha.


                Segundo as informações preliminares, a quadrilha atuava com roubo de cargas,Roubos a bancos, explosão de caixas eletrônicos, lavagem de dinheiro, gestão de hospitais, contratos públicos de prestação de serviços, clínicas que atendiam criminosos baleados (e não informavam a polícia) entre outras práticas criminosas.


                      Prisão de Carlos Roberto Vissechi.


A cidade de Arujá foi surpreendida com a prisão do advogado e pré-candidato a Vereador na cidade Carlos Roberto Vissechi.


Vissechi chefiou a Secretaria Municipal de Segurança de Arujá e pelo fato de que a operação investiga o crime organizado, os munícipes ficaram ainda mais perplexos pois a pasta de segurança pública tem acesso a informações privilegiadas e uma vez ocupada por alguém "hipoteticamente" ligado ao crime traria um grande prejuízo estratégico as forças de segurança.

A Polícia ainda não informou qual a acusação imputada a vissechi, mas as informações de ligação com o crime organizado foram antecipadas por integrantes da PCSP.