Renomada casa de shows de Mogi tem fechamento decretado pela Justiça que alegou 'falta de segurança'

Baseado em pedido do MP, juiz determina suspensão das atividades; proprietários recorrerão

Por João Renato Amorim 22/11/2019 - 19:05 hs

    Por determinação da 3ª Vara Cível de Mogi das Cruzes, a casa de shows Vacaloca, em César de Souza, uma das mais renomadas da região, terá as suas atividades suspensas. A decisão foi tomada na quinta-feira (21), depois de um pedido oriundo do Ministério Público. A alegação do órgão é que o espaço possui condições inadequadas de segurança. Apesar do parecer, os donos da casa afirmaram que as reparações necessárias já foram realizadas e que a agenda de shows está mantida para o final de semana próximo e que pretendem derrubar a liminar ainda hoje. 

    Além da falta de equipamentos necessários para a segurança dos frequentadores, a Ação Pública movida pelo MP aponta outras irregularidades como a falta de ambientes de isolamento acústico, a presença de menores de idade e espaço inadequado para estacionamento. O juiz Bruno Miano tomou a decisão como forma de precaução, usando como exemplo a tragédia da boate Kiss, em Santa Maria (RS), em Janeiro de 2013.