Abstinência Sexual na adolescência como Política Pública.

Ministra Damares critíca erotização e sexualidade precoce no Brasil

Por Redação 06/12/2019 - 15:07 hs
Foto: marcelo santiago \ Agência EBC
Abstinência Sexual na adolescência como Política Pública.
Ministra Damares Alves

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos,Damares Alves, promove um seminário nesta sexta-feira, 6, para prevenir a gravidez entre crianças e adolescentes utilizando como método contraceptivo a abstinência sexual. Entre os convidados, estão a CEO da Ascend, Mary Anne Mosack, e o pastor Nelson Junior, idealizador da associação cristã Eu Escolhi Esperar.

O evento é uma preparação para a Semana Internacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, que ocorre no início de fevereiro. Damares já tinha defendido a abstinência em junho deste ano. Em entrevista à BBC, a ministra afirmou que tal método evitaria a transmissão de doenças sexuais, como o HIV.

“Se eu retardo [em] um ano o início da relação sexual dessa menina, eu posso salvar a vida dela”, disse a ministra.

A organização norte-americana convidada por Damares, Ascend, é responsável por promover cursos para qualificar educadores a incentivarem a ausência da vida sexual para os jovens — o sexo entre adolescente é considerado uma “atividade de risco”. A Ascend promove uma abordagem chamada Prevenção de Riscos Sexuais (Sexual Risk Avoidance), que “empodera jovens e adolescentes para evitar todos os riscos da atividade sexual”.